BLOG

Casa e Cia em um giro pelo Peru

22/08/2016

Arquitetura em Lima. Madeira em forma de painéis deslizantes, brises e outros elementos presente na maioria das novas edificações residenciais. Nos bairros nobres prédios quase sempre baixos voltam-se para inúmeras praças. Planejamento urbano invejável.

 

 

 

Visita ao Teatro del Centro Cultural PUCP. Dramaticidade . Amo o efeito teatral das cortinas de veludo vermelho . Transporta imediatamente a ideia de um palco . Rouba a cena. Também amei o verde "desmaiadinho " das paredes (ótimo contraste) as boasseris , os capitonês, os abajures ... Tudo! Adoro!

 

A elegância da arquitetura de Lima. Forte sim, imponente, mas também muito simples . Caminhei , corri por muitos bairros nobres e não vi nenhuma casa estilo "bolo de noiva" . Sinto por aqui um perfume da arquitetura modernista brasileira . Lição de estilo!

 

 

Sou apaixonada desde sempre pela arquitetura de influência espanhola. Num passeio por San Isidro esta casa de cerca de 300 anos me atraiu atenção. Entrei e por acaso encontrei o restaurante Astrid & Gaston que há tempos queria conhecer. Gaston Acurio é o chef mais festejado do Peru. Adoro estes encontros do acaso. Atendimento perfeito. Zero afetação como em todos os lugares elegantes e badalados aqui.
 

CASA COR São Paulo comemora 30 anos

29/06/2016
O tema do evento em 2016 é celebração. Trata-se de uma edição comemorativa, mas o evento está mais enxuto, e o que se vê são expositores mais contidos. Exageros e excentricidades ficaram de fora do Jockey. Reflexo do momento econômico.
 
Se por um lado  aparecem propostas mais viáveis, o que é bom, na contrapartida a mostra apresenta poucas surpresas... O que quero dizer é que faltou emoção. Casa e Cia já cobriu 16 edições de Casa Cor. Todo ano tem aqueles espaços que a gente entra e diz: Wow!  Este ano não aconteceu. Muita coisa bacana, mas nada assim de tirar o fôlego.
 
Entre os destaques alguns veteranos. Roberto Migotto imprime imponência e elegância em seu espaço Tributo aos 30. Equilíbrio ok, proporção ok, tudo muito correto, mas dele sempre mais... Algo que me tire do prumo. Não aconteceu. Amei o tom de rosa antigo que espalha-se pelo espaço.
 
 
 
Rosa antigo aparece  em vários ambientes aliás, é apontado como tendência. Não gosto desta palavra, mas é .
 
David Bastos trouxe o tom para o seu living.. É a cor do ano da Pantone, junto com o azul acinzentado usado por Clarisse Readi em seu espaço. Casa e Cia, aliás, amou esta sala. A estante foi mimetizada com o mesmo tom de azul das paredes, entraram peças antigas, o sofá coringão capa de sarja e muita arte. Nada de invencionices e sem fazer muita força o conjunto encanta...
 
 
 
 
 
 
Gil Cioni e Olegário Sá estão no living do barista. Eles apostam numa decoração com personalidade forte e em ícones do design nacional.
 
Na Cozinha Gourmet Guilherme Torres adianta os equipamentos da cozinha do futuro. Bancadas de aço inox, um visual meio Jetsons, mas o que chama a atenção é a taxidermia na parede. Causou polêmica..
 
 
 
 
No loft de João Armentano, nenhuma polêmica, mas também nenhuma surpresa, nada muito inédito... Castanhos e poucas pinceladas de cor... Linhas retas... Foi-se o tempo em que Armentano buscava reflexões ou propostas transgressoras. Lembro da Casa Box...
 
 
Léo Shetman por sua vez segue o caminho oposto. A cada edição está mais ousado,quebra paradigmas.
Este ano instalou-se num vagão todo grafitado. Está fazendo sucesso.... e olha que está do lado de Marina Linhares que mandou bem no espaço Deca este ano com uma construção gigante...
 
 
 
Outra que aparece mais a cada edição é Paola Ribeiro. Seu loft mistura o vintage e o descolado. É aquele despretensioso, muito bem pensado. Armários verdes, objetos à mostra em pranchas na cozinha. Muita bossa, zero afetação. Dá vontade de ficar.
 
 
 
 
Os jrs , Moacir e Salvio, representantes catarinenses no evento, também são destaque de Casa Cor. 
Trouxeram móveis e objetos de fornecedores catarinenses e criaram um espaço cosmopolita sobretudo. Não é de hoje que Casa E CIA aponta esta característica globalizada e a linha cult globetroter dos meninos de BC apaixonados por arte, design e viagens.

 

 
 
Também adoramos a proposta do vizinho deles, o esc carioca Yamagata Arquitetura. Eles misturam influências nipônicas com materiais brutos e industrias. Blocos de concreto formando a mesa de centro, canos metálicos em montantes de estantes... E o que poderia ficar meio tosco, fica cool, num contexto que envolve marcenaria refinada, iluminação intimista e peças de design.  
Bingo! Hi low. Mistura de extraordinarios e ordináriios dá muito certo. A gente quer ver o inusitado. 
 
 
 
Tradição e Ruptura (me apropriando aqui de um título de Casa Vogue em seu auge). Contrastes quebram a monotonia e o movimento retilíneo e uniforme. 
 
Se é que me entendem?
 
 
A CASA COR SP acontece até o dia 10 de Julho de 2016
Terça à quinta das 12h às 21h
Sexta, sábado e feriados das 12h às 21h30
Domingo das 12h às 20h
 
Onde? Jockey Club de São Paulo
Av. Lineu de Paula Machado, 775
Cidade Jardim

Casa e Cia na Casa Cor Rio de Janeiro 2015

16/09/2015

 

Vila Aymoré , palco da Casa Cor carioca este ano, que está de portas abertas desde o dia 01 de setembro. 

Não perco uma @casacorrio_oficial desde 2002. Já são 14 anos de cobertura. Já me sinto em casa percorrendo evento . Sou fã do estilo de viver e de morar ... Da ginga e da bossa carioca. 

 

 

Casa Cor Rio de Janeiro
De 01 de Setembro a 04 de OutubroTerça a Domingo das 12h às 21h (Aberto excepcionalmente no feriado do dia 07/09, das 12 às 21h)
Vila Aymoré - Ladeira da Gloria nº 26 – Gloria
Dia de semana
Inteira: R$ 44,00 - Meia: R$ 22,00Fim de semana e feriadosInteira: R$ 50,00 - Meia: R$ 25,00PassaporteR$ 100,00

 

 

 

?#‎pauta? ?#‎design? #casaeciatv #casaecia ?#‎tv? ?#‎arquitetura? ?#‎architecture? .

Casa e Cia na Casa Cor São Paulo 2015

22/06/2015
O Programa Casa e Cia embarca para a capital paulista, para cobertura da Casa Cor São Paulo. 

 

 

 

 

Esta é a 29ª edição da Casa Cor São Paulo. Com cerca de 70 ambientes, a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas traz conceitos que irão ancorar esta edição: menos é melhor, compartilhamento e brasilidade.   
Enquanto as novidades apresentadas por arquitetos e designers não aparecem por aqui, confira o serviço completo da mostra paulista: 
Quando?
de 26 de Maio a 12 de Julho
Terça a Sábado das 12h às 21:30h 
Domingo e Feriado das 12h às 20h
 
Onde?
Jockey Club de São Paulo 
Av. Lineu de Paula Machado, 875 
Cidade Jardim - São Paulo
 
Quanto?
Terça à Sexta Inteira R$ 48,00 - Meia R$ 24,00
Finais de Semana e Feriados Inteira R$ 60,00 - Meia R$ 30,00 
Passaporte Único R$ 130,00 

 

 

Site: www.casacor.com.br
Facebook: www.facebook.com/casacoroficial 

 

JULIANA PIPPI - De volta para casa e cheia de idéias e inovações

14/04/2015

É sempre uma surpresa chegar em Milão e ver o tamanho da Feira. São mais ou menos 25 galpões cheios de Stands das melhores marcas, designers e estilos. Entrando e saindo desses galpões (pavilhões) encontrei milhares de novidades e tendências que gostaria de compartilhar com vocês.

A assimetria é algo que predominou nos móveis como nichos, as cabeceiras, estantes desalinhadas, sofás, cadeiras e racks.
Nos Stands de móveis os revestimentos predominantes continuam sendo a laca branca em alto brilho, cinza e beges. Além disso, os amadeirados lavados certificados estão com tudo. Nas padronagens muita lã, crochês largos e linhos. Os detalhes para as estampas em pixel gigante e o xadrez Chanel (pied poule) com novas texturas, novas cores cítricas e tudo associado a muita tecnologia.
Na área dos dormitórios foi um desfile de novidades e tecnologias. Porta de armários cada vez maiores, camas estofadas e jogos de volumes nos criados-mudo. Onde tudo fica escondido e prático.

Móveis soltos como cadeiras em tons fortes como azul Fendi e Verde Limão tipo siciliano.

A iluminação foi outra novidade com a quantidade de móveis que tinham LED embutido. Nas cozinhas, banheiros, salas, quartos....em todo lugar.

A Euroluce, feira especializada em iluminação trouxe novidades e tendências em luminárias. Produtos maleáveis foram usados para criar luminárias diferentes e assimétricas como, por exemplo, fita de madeira criando volumes, fitas de fibra de vidro criando texturas diferentes. Até luminárias em forma de esculturas que substituem uma peça de decoração. As cores também estão presentes nesta área como o azul, vermelho, amarelo e o tradicional preto e branco.

Na Mostra paralela "Fuori Salone" visitei o espaço da Corian que estava divino. O stand foi todo inspirado no filme "Tron Legacy" da Disney trazendo uma atmosfera futurista. Quem viu o filme se emocionou ao entrar neste salão.

A presença marcante do designer brasileiro também me impressionou. Fiquei orgulhosa de ver que o Brasil fez bonito na Feira criando tendências na arquitetura. A Mostra Brasil SA este ano foi num belíssimo palácio restaurado no Centro de Milão com exposições lindíssimas como a Ala das Bandeiras que trouxe o histórico de alguns arquitetos e designers brasileiros importantes. Em outra sala uma exposição de imagens e histórico de arquitetos como Li Bo Bardi, Oscar Niemeyer, Lúcio Costa, Sérgio Rodrigues, entre outros. Mas o que chamou mesmo a atenção foi o espaço com as bolas cedidas pela Nike e customizadas por grandes personalidades brasileiras como Marcelo Rosembaum, João Armentano e outros. Até o Chef Alex Atala customizou uma bola com grãos de arroz e feijão. Tudo mostrando que o talento brasileiro é hoje criativo e universal. Quebrando barreiras internacionais.

O que eu vi em Milão esse ano foi muita novidade, criatividade, cores, formas, inovações dos designers vão ficar marcados até a próxima Feira.

Para quem trabalha com idéias e tendências, visitar a Feira de Milão é uma oportunidade única. Presenciei e vivenciei um verdadeiro show de arquitetura e decoração.